Autódromo de Jacarepaguá: Patrimônio do Esporte Brasileiro

Memória viva do Autódromo de Jacarepaguá

Archive for Maio 2011

Para quem vive de notícia esta é velha. Na real, primeiro é preciso acontecer!

with 2 comments

A imprensa hoje noticiou sem entusiasmo uma reunião em que mais uma vez foi apresentado o projeto do novo Autódromo em Deodoro. Estiveram presentes os presidentes da CBA e da FAERJ, o secretário Municipal de Esporte e Lazer do Rio, Romário Galvão Maia, o secretário nacional de Alto Rendimento do Ministério do Esporte, Ricardo Leyser e alguns pilotos.
Segundo matéria do site www.brasil.gov.br o Ministério traz para si a responsabilidade pelo projeto, mas não menciona se já houve o empenho da verba, nem de onde sairão os recursos. Nem o prefeito, nem o governador, nem o próprio ministro estiveram presentes a esta reunião. Então, o que há de novo nisso?
Será que este Ministério agora quer imitar os factóides do antigo prefeito César Maia?
Além disto sabemos que este secretário Sr. Ricardo Leyser é o mesmo que foi condenado pelo TCU a devolver dinheiro do PAN 2007, portanto não merece credibilidade. para ler clique aqui.
O que existe de concreto até o momento é o acordo firmado entre a CBA, a prefeitura e o COB e nele está escrito que a CBA não pode entregar o Autódromo de Jacarepaguá até que o novo esteja pronto e funcionando. Deste modo, ficaria mais apropriado se convocassem a imprensa apenas quando isto acontecer de fato!
A intenção deste acordo foi não prejudicar o automobilismo regional. Por mais absurdo que pareça a este secretário existem pessoas, famílias inteiras que a dependem do Autódromo de Jacarepaguá para sua sobrevivência. São pilotos, preparadores e mecânicos que fazem apenas o campeonato regional e arrancada. Não desmerecendo os pilotos que compareceram ao encontro, sabemos que nenhum deles vive exclusivamente do automobilismo carioca.
Assim, todos aqueles que ainda dependem do Autódromo esperam que o acordo seja cumprido na íntegra. Aliás, na última corrida do regional o presidente da FAERJ Sr. Djalma disse para quem quisesse ouvir que caso o acordo não seja cumprido acionará a justiça.

Written by Pescador de informação

31 de Maio de 2011 at 16:38